O que você precisa saber do novo reajuste da Tabela Mínima do Frete

Novo reajuste da tabela mínima do frete, é divulgado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no Diário Oficial da União do dia 24 (última quarta-feira) com média de 4,13%. Mas por que atualiza tanto?

Entenda: é previsto na Lei que os valores devem ser atualizados sempre que o preço do óleo diesel tenha oscilação superior a 10%, seja aumento ou desvalorização. Desde a última mudança na tabela, em janeiro, o diesel teve acréscimo de 10,69%.

Porém, além do reajuste da tabela, umas das principais reivindicações dos caminhoneiros nas últimas paralisações foi de intensificar a fiscalização do cumprimento do frete mínimo e a manutenção dos valores do diesel. Quanto à primeira o progresso está evidente, contudo, ver o combustível ter alta de 10,69% em apenas 4 meses não favorece os custos do frete.

Estamos de olho.

ADVERTÊNCIA:

Transportador muito cuidado ao aceitar frete abaixo da tabela. A multa pra quem aceitar transportar, por frete abaixo do fixado na tabela, é de R$ 550,00 (de acordo com a ANTT).

A tempo, para mais informações sobre a Lei da Tabela Mínima do Frete, leia aqui e saiba mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: